“… e fez-se luz”

No seguimento do “post” anterior deixe-me contar-lhe o que se seguiu.

Faltavam as ilustrações! Ainda tentei desenhar algumas mas rapidamente percebi que a minha falta de jeito levaria a melhor…. pensei, pensei e a solução surgiu clara: o Pedro Aibéo!

Já tínhamos trabalhado juntos e conhecia algum do seu trabalho mas nada me prepararia para o que  aí vinha. Começamos a conversar, surgem uns primeiros esquiços baseados no texto que lhe enviara e rapidamente percebi que o Pedro apanhara a toada certa: um humor cáustico e desconstrutivo, algo que pusesse em cheque o próprio texto.

Imagem para aqui, e-mail para ali e a páginas tantas surge a ideia (julgo que foi do Pedro) de por cada página de texto haver uma página de desenho, uma novela gráfica para cada capítulo. Parecia um projecto megalómano mas muito aliciante.

Perguntei-lhe:

Se quiser saber o que lhe perguntei não perca o próximo “post”

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s